Fazeres Regionais

Roteiro

A cultura tradicional deixou fortes marcas em São Pedro da Aldeia, não só na preservação do patrimônio arquitetônico, como o representado pela Casa de Cultura e pela Capela de São Pedro, mas também na expressão de artistas, artesãos e grupos culturais que imprimem sua marca na vida cotidiana da cidade.

O artesanato de São Pedro da Aldeia, como em muitas outras cidades brasileiras, é um importante segmento da economia local e a Associação de Artesãos de São Pedro da Aldeia, que mantêm a Praça das Águas uma série de lojas e stands para exposição e venda, é responsável pela valorização dessa arte, em peças utilitárias e decorativas que utilizam dos mais diversos materiais como o mosaico , o tecido , a cerâmica. 

Muitos dos artesãos locais são influenciados pela obra de Gabriel Joaquim dos Santos, construtor da Casa da Flor, que transformou cacos de louças, lâmpadas e vidros em uma arquitetura singular e única. Também é importante registrar a presença de artistas plásticos como Di Angelo e Manoel lobão cujos ateliês encontram-se abertos á visitação.  
 
Não deixe de visitar o Mercado Público de São Pedro, com suas barracas coloridas, muito peixes e frutos do mar chegados das colônias de pescadores. Tradicionalmente no mês de agosto os pescadores realizam o Festival do Peixe, oferecendo a tradicional tainha na brasa.

Outro evento tradicional na cidade é a procissão de Corpus Christi, com a confecção de tapetes de rua, surpreendente manifestação de arte popular, que tem origem na tradição dos portugueses açorianos.  Aldeenses de todas as idades se unem para transformar o sal e outros materiais em grandes tapetes com dizeres e figuras relacionadas ao tema religioso.  No pouco tempo que dura o evento, as ruas no entorno da Igreja dos Jesuítas se transformam para a passagem da procissão.

Os festejos aos santos juninos têm em São Pedro da Aldeia um toque especial, sendo Santo Antonio e São Pedro comemorados com muito entusiasmo. A Festa de São Pedro, padroeiro da cidade e dos pescadores, é a mais tradicional , com Procissão do Mastro, missa solene e Procissão Marítima.  Partindo da Praia da Pitória, a imagem de São Pedro é transportada pelas embarcações ao som de cânticos religiosos e em meio a fogos de artifícios, até a Praia de São Pedro, onde segue,  a pé até a Igreja Matriz.